Tradição de qualidade

Uma das unidades da Unicamp com maior atuação em pesquisa de ponta no país

O curso é ministrado nos períodos diurno e noturno pela Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação (FEEC), uma das unidades da Unicamp com maior tradição em pesquisa no país. O curso de Engenharia Elétrica oferece, em ambos os períodos, um currículo de conteúdo amplo. A grade curricular tem uma característica singular: quase 25% das disciplinas obrigatórias para o curso são ministradas em laboratórios. Desde o início, o estudante tem práticas em áreas tão diversas como aquelas em que poderá atuar profissionalmente. Tem oportunidade de exercitar-se na concepção, análise e síntese de sistemas eletroeletrônicos, de telecomunicações, de automação e de engenharia biomédica, utilizando avançados recursos tecnológicos disponíveis nos laboratórios da FEEC.

Diurno e noturno: tudo igual

Os cursos diurno e noturno só diferem no tempo de integralização previsto: o diurno poderá ser integralizado em dez semestres e o noturno, em 14 semestres. As disciplinas são as mesmas, ministradas pelos professores da Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação, garantindo-se, assim, o mesmo padrão de formação nos dois cursos. Os primeiros anos são orientados para proporcionar uma sólida formação científica em física, matemática e computação, mesclada de conhecimentos tecnológicos básicos, como circuitos elétricos, circuitos lógicos, circuitos de corrente alternada e eletromagnetismo. São ministradas também disciplinas de formação geral, como administração, direito, humanidades, economia e ciências do ambiente. Integram o currículo disciplinas de formação específica, nas áreas de eletrônica, microeletrônica e optoeletrônica; energia elétrica; telecomunicações e telemática; engenharia de computação; engenharia biomédica; automação e controle. Para melhor integrar os alunos no mercado de trabalho, o curso oferece conjuntos especializados de disciplinas eletivas, que constituem os “Certificados de Estudos”, nas áreas listadas acima e também em outros assuntos, como por exemplo: Engenharia de Som, Sistemas de Controle, Sistemas Distribuídos e Redes de Computadores, Automação e Sistemas Inteligentes, Otimização de Sistemas, Técnicas de Projeto de Sistemas Embutidos. Para consolidar sua formação acadêmica, o aluno pode participar dos grupos de trabalho da faculdade e desenvolver atividades de pesquisa e desenvolvimento tecnológico sob a supervisão de um professor, com a possibilidade de obter uma bolsa de iniciação científica. Pode ainda atuar nas diversas entidades estudantis que realizam atividades complementares importantes para uma formação mais ampla do futuro profissional.

Amplo mercado de trabalho

O engenheiro eletricista poderá atuar no sistema produtivo dentro de grandes áreas da engenharia que envolvem eletrônica, telecomunicações, energia, automação e controle, engenharia biomédica e engenharia de computação.

 

Período: diurno em período integral
Vagas: 70
Relação candidatos/vaga: 1ª fase – 17,8 / 2ª fase – 6,4
Integralização: 10 semestres
Período: noturno
Vagas: 30
Relação candidatos/vaga: 1ª fase – 14,6 / 2ª fase – 4,5
Integralização: 14 semestres
Unidade: FEEC – Faculdade de Engenharia Elétrica e de Computação
www.fee.unicamp.br
grad-fee@fee.unicamp.br
Tel: (19) 3521.3872 / 3521.3873

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável