História

O curso de História forma profissionais para atuar nos diferentes campos da produção e difusão do conhecimento histórico. Um dos pontos fortes do curso é o trabalho com documentos históricos. O aluno aprende a analisar diversos tipos de documentos e a interpretar e compreender as ações humanas ao longo do tempo a partir desses materiais. Dominando as linhas gerais do processo histórico em suas várias dimensões e conhecendo as principais vertentes teóricas que orientam as análises históricas, os bacharéis em História estarão capacitados a atuar como pesquisadores em entidades públicas e privadas que dispõem de acervo histórico; como professores do ensino superior, na produção de materiais didáticos e paradidáticos; como assessor em programas culturais e de preservação do patrimônio histórico, em museus, arquivos etc. Já o licenciado poderá atuar ainda como docente no ensino fundamental e no médio. A reforma curricular implantada em 2015 consolidou esta característica, tendo em vista que o campo de atuação profissional do historiador é cada vez mais complexo e diversificado. Ministrado em período integral, o curso oferece as modalidades bacharelado e licenciatura. Qualquer que seja a modalidade escolhida, a graduação pode ser concluída em oito semestres. O currículo do curso de História é composto por disciplinas obrigatórias que contemplam conteúdos clássicos, como introdução ao estudo da história, história antiga, medieval, moderna e contemporânea, história do Brasil, história da América, teoria da história, entre outras. Um segundo conjunto de disciplinas, agrupadas sob a denominação Tópicos Especiais em História, possui programas flexíveis, que variam a cada semestre. Os tópicos permitem que os professores apresentem temas que vêm desenvolvendo em suas pesquisas ou aprofundem temas sugeridos pelos alunos, estudando aspectos ligados aos debates mais recentes nas diversas áreas de atuação do historiador. Escravidão, literatura, movimentos sociais, cultura, subjetividade, gênero, religiões, história da arte, vida urbana e arquitetura são algumas das áreas abrangidas – todas abordadas a partir de um ponto de vista histórico. Completam o curso as disciplinas eletivas, que viabilizam a integração com outras áreas do conhecimento: economia, teoria literária, línguas, ciências sociais, geografia etc. O aluno que opta pela licenciatura terá sua formação voltada também para a área pedagógica e didática, além do estágio supervisionado. Assim, o estudante tem uma formação especializada e diversificada, embora o curso dê grande ênfase em história moderna e contemporânea e, especialmente, em história do Brasil. Grande parte das atividades extraclasses é desenvolvida com o aproveitamento da infraestrutura oferecida pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH). Além de uma biblioteca bastante diversificada - uma das bibliotecas universitárias mais completas da América Latina na área das ciências humanas -, destaca-se o rico acervo de documentos sobre a história recente do país guardado pelo Arquivo Edgard Leuenroth (AEL) e a vasta documentação textual e iconográfica sobre a cidade de Campinas e região abrigada pelo Centro de Memória (CMU).

 

Período: diurno em período integral
Vagas: 40
Relação candidatos/vaga: 1ª fase – 30,3 / 2ª fase – 6,7
Integralização: 8 semestres
Unidade: IFCH – Instituto de Filosofia e Ciências Humanas
www.ifch.unicamp.br
gradhist@unicamp.br
Tel: (19) 3521.1577

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável