O reitor Marcelo Knobel demonstra especial apreço pela UPA, iniciativa que, historicamente, tem aproximado os estudantes do ensino médio da Unicamp. “É sempre importante abrir a Universidade para mostrar a nossa estrutura e as nossas atividades de ensino, pesquisa e extensão para esse público”, considerou o dirigente. De acordo com ele, a UPA pode ser um diferencial importante no momento de o futuro universitário escolher não somente a carreira que pretende seguir, mas também a escola de ensino superior que deseja cursar.

Knobel destacou que os jovens que participarão da UPA 2019 conhecerão a Unicamp em um novo momento, marcado principalmente pelo advento das novas formas de ingresso nos seus cursos de graduação. A chegada de estudantes indígenas, admitidos por vestibular específico, será um dos marcos da ampliação da diversidade no conjunto da comunidade universitária. “Temos que mostrar para os participantes da UPA que eles têm plenas condições de estudar aqui. Estamos ampliando as formas de acesso justamente para aumentar a representatividade da sociedade na Universidade”, explicou.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável