Local: Laboratório de Ensino de Graduação - FEA (Monteiro Lobato, 80 https://goo.gl/maps/37oRkZnBJT72)

Horários: 9h às 16h30.

 

 

Atividades continuas (SALA 1, SALA 2, SALA 3):

– Apresentação de vídeo.

– Pôsteres Temáticos.

 

SALA 1: O que fazer? Duvidas sobre o vestibular, ingresso na Unicamp, custo de vida.

Grupos estudantis responsáveis: CAFEA

 

SALA 2: O que é o curso? Informações sobre a integração de nutrição, ciências dos alimentos, tecnologia e engenharia de alimentos para conceber o egresso Engenheiro de Alimentos. Formações complementares via participação em grupos estudantis na definição do profissional sócio-responsável.

Grupos estudantis responsáveis: GEPEA, CAFEA, AAAFEA, GESTO

 

SALA 3: Para onde ir? Explorar campos em que o engenheiro de alimentos pode atuar.

Grupos estudantis responsáveis: COMESTAG

 

Atividades demonstrativas (LEG): Ocorrerá em ciclos de 20 min com grupos de 10 alunos.

 

Atividade 1: Fermentação

A atividade consiste em abordar de forma demonstrativa as possibilidades de obtenção dos variados bioprodutos aplicados no setor da Engenharia de Alimentos a partir de processos fermentativos, usando diferentes tipos de micro-organismos e variadas fontes de nutrientes, com enfoque para o aproveitamento de resíduos agroindustriais. Para a demonstração, serão usados como fontes de nutrientes: bagaço e palha de cana, melaço, cascas de frutas, água de maceração de milho, ente outros. Como micro-organismos serão usados: leveduras, bactérias, fungos filamentosos (cultivados em placas de petri para demonstração). As fermentações serão realizadas em frascos agitados e biorreatores serão expostos para visualização de uma escala maior. Ao final da sequência, serão expostos diferentes produtos tais como: alimentos, bebidas, cosméticos, medicamentos e produtos químicos (etanol). A ideia é que o visitante consiga enxergar a importância da Biotecnologia na cadeia produtiva desde a matéria-prima até a obtenção do produto final. Os materiais que não puderem ser usados no local serão mostrados em posters ilustrativos com fotos, figuras, esquemas, para uma melhor visualização.

 

Atividade 2: Alfajor integral

Através da produção de um produto  comum ao povo latino americano, alfajor, similar ao pão de mel do Brasil, pretende-se explicar o que caracteriza um cereal integral e como eles fazem a diferença na produção de uma variedade de produtos de panificação e cereais matinais, ressaltando aspectos científico-tecnológicos e benéficos à saúde.

 

Atividade 3: Fabricação de chocolate

A atividade consiste em demonstrar as etapas de fabricação de chocolate, desde a amêndoa de cacau. Serão demostradas as matérias-primas básicas utilizadas, bem como as etapas que envolvem o pré-processamento do cacau, o processamento do cacau e o processamento dos diferentes tipos de chocolates (branco, ao leite, meio amargo e amargo). Serão demostradas, na prática, as etapas de torração, refino / conchagem, temperagem e moldagem de chocolates.

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável