Local: Instituto de Geociências

Horários: 9h às 16h30.

 

Atividades: TEMÁTICA: TERRA, TEMPO E MUNDO

Instituto de Geociências: Bacharelado em Geografia, Licenciatura em Geografia e Bacharelado em Geologia

– Fluxo pelo tempo geológico: Transite pelo tempo geológico. Nesta atividade pode-se compreender como bilhões de anos podem ser representados pelo espaço de alguns metros;

– Do Hadeano ao Proterozóico: Painel sobre o ambiente no radiano; Mapas dos Depósitos Minerais Brasileiros; Exposição e análise de minerais e rochas brasileiras;

– O Fanerozóico: a explosão da vida no estado de São Paulo: Os registros fósseis de vida no nosso planeta datam de aproximadamente 3500 milhões de anos atrás, desde então até hoje os organismos deixaram registro da sua evolução e interação com o meio abiótico. Essas evidências fósseis conhecidas como registro fossilífero são mais abundantes do que pode se imaginar no Estado de São Paulo;

– Dinossauros (?) No IG: A exposição traz cerca de 100 pequenos modelos de dinossauros (inclusive brasileiros) e outros organismos do passado e algumas réplicas de fósseis; foi criada para fomentar discussões sobre seus tamanhos, alimentação, hábitos de vida, formas de defesa, distribuição geográfica e outros mais, por meio de perguntas. A exposição foi montada para crianças, mas independentemente da idade do visitante, a ideia é discutir sobre esses organismos, que fazem parte do imaginário popular, trazendo informações novas e rediscutindo as mais antigas; comparando informações erradas veiculadas nos filmes que abordam o tema, trazendo informações sobre onde viviam, e em que período do passado eles reinaram.

– A idade de uma rocha: Tipos de Rochas; Princípio da Geocronologia; Etapas da Separação de Minerais para Datação, Datação de minerais;

– Conhecendo o Planeta Terra: Crateras e meteoritos: origem e elucidação das estruturas circulares das crateras formadas por meteoritos;

– Grandes obras, Ciência e Tecnologia e transformações no território brasileiro: Debate sobre o Antropoceno; Atividade na maquete da Região Metropolitana de Campinas, com ênfase nas instituições de ciência e tecnologia (universidades, institutos de pesquisa e empresas de alta tecnologia);

– O uso dos minerais no cotidiano: Contextualizar o uso dos minerais no cotidiano através da edificação do Instituto de Geociências, que está presente nas janelas, portas, piso e paredes.

– Geo-3D: Parte 1 da atividade: os alunos aprenderão como construir maquetes de diferentes tipos de superfícies do planeta; Parte 2 da atividade: os alunos farão um experimento utilizando óculos para ver superfícies do relevo em 3 dimensões;

–  Viajando através dos mapas: Exposição de mapas raros, antigos e cotidianos

–  Trabalhos de campo: exposição de fotos: Exposição de fotografias de trabalhos de campo;

– Educação Indígena e Projeto de Extensão Comunitária na UNICAMP: Painel de fotos: fotos selecionadas e impressas da população indígena Guarani da aldeia Rio Silveira – Bertioga; Banner sobre o Projeto: Elaboração de banner com uma apresentação do projeto Atlas escolar Bilíngue Guarani-Português – população indígena Rio Silveira – Bertioga – SP; Material Mbyá Ayvú: apresentação de material produzido sobre alfabetização infantil para crianças das escolas indígenas na aldeia Rio Silveira;  Mapas: Apresentação de alguns mapas sobre a população indígena no Brasil;  Vídeo: um vídeo curto, de uns 5 minutos, com uma montagem de fotos e áudios gravados pelo grupo de extensionista do Projeto do Atlas Bilíngue Guarani-Português;

– Explorando os espaços e tempos do Instituto de Geociências: Um roteiro para que os alunos conheçam o novo IG e suas instalações; Exposição de uma linha de tempo traçando os principais acontecimentos do IG (incluindo inclusive ano de criação de linhas de pesquisa;

– Apresentações das estruturas curriculares dos cursos de Geologia e Licenciatura e Bacharelado em Geografia – Empresa Junior Terrae: Área de atuação dos profissionais geógrafos e geólogo

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável